Typography

A Sociedade São Paulo é uma Congregação Religiosa fundada na Itália em 1914, na cidade de Alba, distrito de Cuneo, pelo P.e Tiago Alberione.
Os membros da Sociedade São Paulo, conhecidos por Paulistas, fiéis à missão que lhes foi confiada pelo fundador, ocupam-se da difusão da mensagem cristã utilizando os meios de comunicação que a tecnologia põe à disposição do homem de hoje para comunicar.

Estão presentes em 30 nações. São múltiplos os campos de actividade: livros, jornais, cinema, televisão, rádio, audiovisuais, multimedia, telemática; centros de estudo, pesquisa, formação e animação.

O símbolo que caracteriza todos os produtos e as actividades dos Paulistas representa de maneira eficaz o dinamismo da presença destes.

O Governo Geral e os Governos de Circunscrição, tornam vital e actual a missão. O P.e Tiago Alberione, imitando são Paulo, para tornar-se "tudo para todos", além da Sociedade São Paulo, fundou mais quatro Congregações:

  • as Filhas de São Paulo,
  • as Pias Discípulas do Divino Mestre,
  • as Irmãs Pastorinhas,
  • as Irmãs Apostolinhas;

fundou ainda quatro Institutos agregados:

  • Jesus Sacerdote,
  • São Gabriel Arcanjo,
  • Maria Santíssima Anunciada,
  • Santa Família;

e a Associação dos Cooperadores Paulistas.

Todos juntos, constituem a Família Paulista.


APROVADA:

A SSP aprovada definitivamente pela Santa Sé no dia 27 de Junho de 1949, tem como missão: “evangelizar com os meios de comunicação social”. É constituída por sacerdotes religiosos e leigos consagrados (chamados Discípulos ou Irmãos do Divino Mestre). Presente nos cinco continentes, a Sociedade São Paulo serve-se de revistas, livros, cinema, rádio, televisão, discos, cassetes, compact-disc, internet, e de todas as tecnologias comunicativas para anunciar Cristo e falar cristãmente de tudo ao mundo inteiro. Tem como modelos da missão: Jesus Cristo Mestre Caminho, Verdade e Vida; São Paulo, o apóstolo que se “tornou tudo para todos” e Maria Rainha dos Apóstolos que dá vida a Cristo, o comunicador do Pai.